Ordinarius

  • 20:00
  • TEATRO AMAZONAS – Avenida Eduardo Ribeiro, Centro, Manaus – AM, 69025-140




Ordinarius

ordinarius-barco-divulgacao-1-logo

O grupo vocal ORDINARIUS tem um repertório variado, e a voz como instrumento principal. Os arranjos inéditos e exclusivos são do diretor musical Augusto Ordine. O repertório é em alguns momentos executado a cappella (sem a utilização de instrumentos) ou enriquecido com instrumentos como violão, cavaquinho e percussões variadas. Abrange o cancioneiro popular nacional e internacional, desde o pop americano de Stevie Wonder, o rock dos Beatles, até a bossa nova de Johnny Alf, o choro de Ernesto Nazareth e o samba de Gilberto Gil.

Com o repertório do primeiro CD, considerado pelo site “O Embrulhador” como um dos melhores discos de música brasileira do ano de 2012, realizaram shows em diversos espaços no Brasil e na Europa. Os clipes do grupo já somam mais de 300 mil visualizações no Youtube e são responsáveis pelo crescente número de fãs do grupo pelo mundo afora. O clipe da música “As long as you love me”, famosa nas vozes dos Backstreet Boys, foi recomendado pelo próprio grupo americano em postagens no Twitter e Facebook, ajudando a aumentar a popularidade da versão brasileira, que chegou a ser incluída na trilha sonora internacional da novela Salve Jorge, da Rede Globo.

Nos últimos anos, além dos shows de lançamento do primeiro CD, o grupo estreita sua relação com o público através das redes sociais, tendo como mote os já citados projetos audiovisuais elaborados para circulação na internet. Além de “As long as you love me”, alguns dos outros clipes foram “Ladeira da preguiça”, de Gilberto Gil, “Baião de quatro toques”, música de José Miguel Wisnik e Luiz Tatit, com imagens da viagem do grupo pela Alemanha, “Carinhoso”, de Pixinguinha e João de Barro, que conta com a participação em vídeo de vários fãs, e diversos clipes de apresentações ao vivo.

O ORDINARIUS tem como proposta difundir um repertório de qualidade, independente do estilo musical, por meio da música vocal. O show do grupo é uma oportunidade de assistir a uma performance musical de excelência, maravilhar-se com as características que só a música vocal tem e, acima de tudo, divertir-se cantando junto com o grupo.

Programa

André de sapato novo – André Vitor Correia (1888-1948)

Baião de quatro toques – José Miguel Wisnik (1948) e Luiz Tatit (1951)

Tipo Zero – Noel Rosa (1910-1937)

Linda Flor – Henrique Vogeler (1888-1944), Luiz Peixoto (1889-1973), Marques Porto (1870-1905) e Cândido Costa (1850-1920)

Rosa – Pixinguinha (1897-1973) e Otávio de Souza (??)

Santa Morena – Jacob do Bandolim (1918-1969)

Carinhoso – Pixinguinha  (1897-1973) e Braguinha (1907-2006)

Mr. Sandman – Pat Ballard (1899-1960)

Overjoyed – Stevie Wonder (1950)

As long as you love me – Max Martin (1971)

Disseram que eu voltei americanizada – Luiz Peixoto (1889-1973) Vicente Paiva (1908-1964)

Um Chorinho em Cochabamba – Edu Neves (1970) e Rogério Caetano (1977)

Ladeira da Preguiça – Gilberto Gil (1942)

Água de beber – Tom Jobim (1927-1994) e Vinícius de Moraes (1913-1980)

Na baixa do Sapateiro – Ary Barroso (1903-1964)

Tico tico no fubá – Zequinha de Abreu (1880-1935)

Vide Gal – Carlinhos Brown (1962)

Todos os arranjos de autoria de Augusto Ordine, exceto “Santa Morena”, arranjo de autoria de André Miranda.


 

Fotos

Apresentações